Cobertura da 5ª Edição Noites Sociológicas

Autor: Alexandre Tavares Pereira, Vice-Coordenador do Departamento SOCIALiS e Coordenador do Departamento Pedagógico do Ensino Secundário do NESISCTE


A Sociologia permite alcançar feitos inexplicáveis, oferece a capacidade de adaptação e superação de qualquer adversidade, o pensamento crítico, a perseverança e uma multiplicidade de ferramentas que tornam o curso único. São estas valências que me permitem anunciar, com grande orgulho, que as Noites Sociológicas estão de volta, via Zoom! Apesar da presente pandemia, o NESISCTE e o seu Departamento de Cultural e Pedagógico não se deixou contagiar e a única alteração feita a este evento foi o local. Em vez da livraria Barata que tão bem nos acolheu nas anteriores edições, temos as nossas casas, os nossos quartos, os nossos escritórios, via computador, via telemóvel, não interessa como, o que interessa é que no dia 7 de novembro de 2020, das 21h às 23h, mantivemos as Noites e nesta 5ª edição falamos, discutimos e debatemos Sociologia. “Estamos todos no mesmo barco ou estamos todos na mesma tempestade?” Pergunta o Departamento de Cultural e Pedagógico, tendo como tema as Dinâmicas sociais da pandemia Covid-19, o objetivo destas Noites foi ser um evento onde todos os envolventes tivessem oportunidade de falar sem existir um conhecimento académico sobre o assunto, o expectável era falar e debater aquilo que cada um de nós tem vindo a experienciar e aquilo que cada um de nós tem vindo a reter ao longo desta pandemia que a todos nós afeta. Moderando o debate esteve o Coodernador do Departamento responsável pelo evento, João Carraça, que dividiu o mesmo em 4 tópicos: Mudanças nas interações e experiências sociais; Problemas sociais salientados pela pandemia; Gestão e respostas das organizações e por fim, um Brainstorm com as principais conclusões retiradas deste evento. Dentro do tópico: Mudanças nas Interações e Experiências Sociais, que foi dividido em 4 domínios: educação, laboral, familiar e recreativo. Neste tópico as principais intervenções dos participantes foram dadas para os domínios laborais e educacionais, tendo sido questões como a rápida adaptação ao Zoom, os seus prós e contras, as novas produtividades do teletrabalho, no entanto, a perda de sociabilidades laborais, alguns dos pontos chave que foram discutidos. O próximo tópico foi: Problemas Sociais Salientados pela Pandemia. Neste momento de debate, as questões tratadas passaram por desigualdades socioeconómicas, conflitos geopolíticos, suicídio, violência doméstica, cuidados dos idosos e direitos humanos. O egoísmo manifesto e a vaga de individualismo, os crescentes problemas entre a China e os Estados Unidos da América, o aumento nos número de casos de suicídio, tal como o aumento de casos de violência doméstico e a constante dúvida entre a segurança e a liberdade foram as principais elações oferecidas pelos participantes, referindo que a pandemia não causou estes problemas mas, foi sim, um catalisador. A Gestão e Resposta das Organizações foi o tópico em que foram discutidas várias experiências pessoais que ocorreram e têm vindo a acontecer ao longo da pandemia. Organizações como a Organização Mundial de Saúde, Direção Geral de Saúde e Serviço Nacional de Saúde foram os alvos nesta parte do debate, onde maioritariamente foram feitas críticas, tanto construtivas como destrutivas, ao desempenho destas entidades. De modo a concluir esta edição atípica, porém, única e especial, foi desenvolvido um Brainstorm, cujo propósito era frisar quais foram os focos desta Noite, levando a uma conclusão deveras curiosa, deixada pelo Coordenador João Carraça, a qual passo a citar: “Apesar de estarmos todos no mesmo barco, existem alguns em paquetes, outros em navios e outros em cruzeiros” Independentemente de ter sido realizada via Zoom, o departamento do Cultural e Pedagógico fez um planeamento exemplar das Noites Sociológicas, as adaptações realizadas fizeram com que o presencial não deixasse assim tantas saudades, os tópicos debatidos foram pertinentes e as intervenções dos participantes fizeram com que Sociologia fosse a protagonista em mais uma edição.

52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo